Protagonismo como arma contra o preconceito: para ser ouvida, é preciso ser vista – Parte 5

A realidade dos surdos em nosso país não está nada bem, seja em educação, saúde, mercado de trabalho, acessibilidade, entre outras áreas. Continuar lendo Protagonismo como arma contra o preconceito: para ser ouvida, é preciso ser vista – Parte 5

Protagonismo como arma contra o preconceito: Azul é a cor mais quente – Parte 4

O acolhimento familiar é essencial para acabar com o preconceito contra a homossexualidade. Só no Brasil, cerca de 4,9% das mulheres se declaram homossexual, conforme a pesquisa Mosaico Brasil. Continuar lendo Protagonismo como arma contra o preconceito: Azul é a cor mais quente – Parte 4

Protagonismo como arma contra o preconceito: um pouco sobre identidade, beleza, resgate e valorização – Parte 3

Karla começou a sentir os impactos do preconceito durante a infância. Ela relembra um dos diversos episódios de bullying, principalmente no ambiente escolar em relação ao seu cabelo. Continuar lendo Protagonismo como arma contra o preconceito: um pouco sobre identidade, beleza, resgate e valorização – Parte 3

Protagonismo como arma contra o preconceito: a minha aldeia as mulheres são iguais aos homens – Parte 2

Zahy afirma que há uma grande diferença entre a mulher da aldeia e da cidade, pois enquanto na aldeia uma mulher é livre para fazer as mesmas coisas que os homens, na cidade as mulheres são julgadas por querer fazer as mesmas coisas. Continuar lendo Protagonismo como arma contra o preconceito: a minha aldeia as mulheres são iguais aos homens – Parte 2